RSS
Related Posts with Thumbnails

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Tudo que andou acontecendo...

Bom gente percebi que mesmo longe tem muita gente aqui que acompanha meu blog que está perto, recebi muitas mensagens e e-mails de leitoras e amigas se solidarizando e querendo saber o que estava acontecendo comigo! Quero agradecer a todas pela preocupação, já estou bem melhor!

Eu sempre fui muito positiva, pra cima, sempre pensando o melhor, mas estas últimas semanas foram delicadas pra mim, tentei ocultar uma série de pensamentos que estavam acontecendo aqui dentro, até que chegou um dia que eu "explodi" e desabafei muito com a minha mãe! (mãe é mãe!!!)

Eu estava me sentindo perdida, como se eu estivesse dentro de uma bolha de ar, perdida e sozinha. Ter um filho é maravilhoso, ams não é mole não, principalmente para uma pessoa como eu, SUPER ATIVA, que amava sair, trabalhar, badalar, beber, ir dormir as 9 da manhã!

Me senti despreparada, e me senti mau por sentir isso... Eu amo meu bebê mais que tudo, ter tido é a melhor coisa que aconteceu na minha vida, de verdade, mas é também o fato mais confuso nesta minha cabeça confusa, então acho que somando, cansaço + tédio + muitas tarefas + probleminhas de saúde que o dimi estava tendo (refluxo e prisão de ventre com problemas gastro intestinais) + meu leite que deu uma secada + meu corpo que está todo estranho... e principalmente e fato de não poder voltar a trabalhar tendo uma proposta  INCRÍVEL de trabalho...

Somando tudo isso, acho que chegou um mim um baby blues! Em momento nenhum rejeitei meu filho, mas ME REJEITEI CONSTANTEMENTE! Fique com vontade de chorar, de fugir, de crescer, de me esconder debaixo da asa da minha mãe! Pra ajudar tive TPM e menstruei depois de meses!

Então dei um tempo de tudo, reorganizei a cabeça e decidi que vou fazer terapia! NÃO GOSTO DE TRISTEZA Sou muito pisciana, emotiva e tudo é muito intenso em mim, tanto as coisas boas quanto as ruins!

Mas já estou melhor!
Obrigada por toooodaaaa a preocupação!
volto em breve com post animados e com dicas legais, já estou preparando coisinhas bem legais ^^

beijos

Foto atualizada :D


Read Comments
  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

13 comentários:

Nat disse...

Oie Mari,

nem comentei nada no outro post pq cada uma tem seu tempo e sabe o que é prioridade na vida...Nem imagino como vai ser a minha depois que a filhota nascer.
Eu acho muito legal fazer terapia, nem que for com as amigas ou com a mãe! rsrsrs
Continue firme e a única coisa que tenho certeza é que é tudo uma fase.

Beijockas

Anônimo disse...

Oi MAri...acompanho seu blog, mas nem sempre comento.
As vezes penso exatamente nestas coisas que vc citou. Pois nao estou estável profissionalmente, então acho que vou esperar. Fico triste, pois terei que adiar por mais um ano o meu sonho de ser mãe. O chato é que ja tenho 31 anos.
Muito chato por sinal.
Enfim, é a vida.
Acredito que vc tomou a melhor decisão que é fazer terapia.
Abraços
Sonhadora

http://2010palavrasaovento.blogspot.com/

Di disse...

Mari, vc vai estar em casa amanhã? Posso ir ai?
bjs!

Camila disse...

Mari, que bom ver vc atualizando! Eu imaginei mesmo que vc estivesse com um baby blues! Geralmente quando a mamãe some é baby blues! hehe
Mas que bom ver que vc está melhorando! Eu fiz terapia alguns anos atrás e me ajudou bastante! Espero que te ajude tbm!

Agnes, Mãe do Pedro Henrique disse...

Oi Mari, que bom ter cv de volta por aqui!
Que bom que esta melhorando,e vc vai ficar bem logo!
Terapia é muito bom, vé em frente!
um beijo grande e não deixe de dar noticias!
ps: A foto ta linda!

Michelle disse...

Oi Mari! Que bom ler que vc está melhor. Acho que tudo isso é normal mesmo, vc passou por muitas mudanças e tudo muito rápido. Mas tenho certeza que vc vai dar fica bem logo logo! Fica com Deus!

Bjoooos

Marcela Schiavoni disse...

AH! estamos todas no mesmo barco, a maternidade faz a gente renunciar coisas na marra mesmo.
Ando sonhando em estar na augusta, num buteco, bebericando e fumando um marlborinho.rs
Fazia isso praticamente todo final de semana , agora estou programando(!!) pra daqui 2 meses, com hora marcada e horário pra voltar...É, as coisas nunca mais serão as mesmas, durante um bom tempo.´
Pra ajudar a lady murphy solta, eu também tive uma proposta de trampo muuuito boa!!, aquelas pra solucionar problemas financeiros, mas não consigo deixar a Nina por 8hs todos os dias, nem queria começar deixar de amamentar.

Mas acho também que é nosso direito sentir o baque!!!
Também seguro um monte de pensamentos, e vira e mexe dou umas surtadas, mas passa.
E acrdito que com o tempo essa sensação de escravidão que a maternidade traz um pouco, ainda mais pra gente que tinha uns costumes que não combinam com bebê, vai passar 100%!

Paciência e sabedoria!
Acho que todas leitoras assim como eu, esperam seus post felizes ou triste, vc é uma querida!

Beijos pra vc e pro Dimi lindos! =)

beijão

Cacau disse...

Legal vc ter esta tranquilidade para se abrir assim, comento com vc via email como tá minha vida e kbça ainda não tenho a mesma tranquilidade para escrever de forma tão transparente como vc. Vai passar viu bjs, Cacau

Diário de uma grávida disse...

Oi Mari, já tinha lido o outro post e não tive tempo de comentar...a vida de mãe realmente é muito corrida...e no meio dessa correria acaba não sobrando tempo para nós né!!!
Te entendo perfeitamente pois tmb estou passando por isso! As vezes parece que eu não existo, só existe a jacqueline-mãe, mas as vezes é bom voltar a ser a jacqueline-filha, que recebe conselhos, que chora no ombro da mãe! passei por um baby blues forte na primeira semana do Bryan e não desejo pra ninguem! Com o tempo agente acaba acostumando, mas tem horas que parece que vai explodir né!
Sinto falta de muitas coisas de quando era só eu+bruno, falta das idas despretensiosas ao shopping, falta do banho demorado, falta das sonecas a tarde...mas é só saber que mais um pouquinho e tudo isso vai passar! No inicio a rotina é fogo mesmo!!!
Terapia vai ser bom, para poder desabafar e colocar pra fora todas as coisas que te incomodam!!!
Logo logo você estará melhor!!!!
Bjos pra ti e pro Dimi

Fabiana disse...

Fico feliz de ver que vc esta melhor e que quer ficar melhor ainda.

Tudo vai dar certo.

É uma fase e vai passar e vc vai sorrir de tudo isso.

Bjokas.

Juliana Zambon disse...

Mari, sei exatamente o que você está sentindo, pois me senti assim tb. Chorava muito. Me sentia perdida, sozinha e com um bebê. Também não rejeitei meu filho NUNCA, mas nós precisamos de apoio, de ajuda.
Não se preocupe, que vai passar.
Bjos

Débora disse...

Ohh Mari, que bom que vc deu notícias!
Quando li o teu outro post a primeira coisa que pensei é "vou escrever um email dizendo que ela pode contar comigo, mesmo que esteja longe". Mas não consegui, aliás, só hoje é que eu consegui sentar na frente do pc. Tá punk aqui!

Amiga, como viu nos comentários, acho que esse sentimento é comum a todas. Eu tbm me sinto assim e tem dias que estou melhor, outros pior...
Não tem a ver com o bebê, mas sim comigo. Assim como vc eu me rejeito muito, meu corpo é uma coisa bizarra, minha cabeça está estranha e tudo fora do lugar.
Eu sempre fui bem caseira, então não sinto tanto esse "confinamento", mas imagino você que tinha uma vida mais agitada, que prezava tanto a "liberdade".

Estamos aqui pra o que der e vier, flor. Não te preocupa, desabafa mesmo, a gente entende!
Passamos pelas mesmas coisas, mesmo que em outras circunstâncias.

Beijos!!

ღ Keka ღ disse...

É amiga, nem me fale de Baby Blues, ele tbem me pegou, é tudo muito dificl mesmo e a gente demora a se acostumar, o bom, pelo que recebi de comentários no meu blog é que tudo isso passa, tem dia que a gente fica doida mesmo e se rejeita, num tem jeito mas tenho fé de que logo passa. Sou assim como vc, fico mal um dia e logo estou ótima, estou dialiogando muito com o marido, procurando apoio nas amigas virtuais e lendo muito, isso tem me ajudado e percebo que as coisas estão melhorando! Bom saber que passou e que está bem, beijocas!